Capítulos

E se o que estamos vivendo
For como um daqueles livros
Sem ordem de início meio ou fim
Em que cada estrofe é imprevisível
Sem ordem certa de capítulos
Onde tenhamos de ter paciência
Para captar a essência
E não desistir nas primeiras linhas?
Quem sabe um livro curto, com palavras claras
Ou uma daquelas sagas
Onde são necessárias milhões de palavras?
Nada disso posso eu, afirmar
Porém uma coisa, creio que é certa:
Se sentes que tudo está confuso
E queres jogar este livro para o canto
Desistir por ainda não ter achado o encanto
Que todos dizem sentir da vida
Lembre-se de que um capítulo confuso
Ou uma f(r)ase ruim
Não quer dizer que no fim
Tudo será assim
Talvez sejam necessárias
Algumas palavras tristes
Dolorosas e cortantes
Para uma reviravolta feliz
Inesperada, e eletrizante.
-Laura Zw.

Nenhum comentário:

Postar um comentário